Sua riqueza é maior do que você imagina

Padrão

Enriquecer é uma questão de escolha, que envolve planejamento, disciplina e equilíbrio nas escolhas que você faz na hora de decidir o que fazer com seu dinheiro. Se levar uma vida com qualidade em seu consumo, perseverança em seus investimentos e atenção a sua segurança, provavelmente não lhe faltará dinheiro no futuro.

Porém, há quem questione se acumular recursos para enriquecer não seria uma atitude egoísta, com tanta gente precisando de dinheiro para se alimentar. Certamente, essa percepção é equivocada.

Pessoas que você nem conhece ganham muito com sua riqueza. Além do bem-estar que seu enriquecimento proporciona à família – como exemplo para os mais novos, como um lar que oferece conforto nas reuniões familiares, como um lastro de garantia quando alguém precisa, com a viabilização de celebrações familiares – você também traz bem-estar a seus vizinhos.

Sua maior capacidade de consumir produtos e serviços de seu bairro leva riqueza às famílias próximas. Sua capacidade de cuidar melhor de seu bem-estar ajuda a preservar empregos. Seu interesse em compartilhar com amigos oportunidades de investimento e conhecimento financeiro cria cadeias de prosperidade, normalmente lhes retornando fontes novas de informação.

Informações sobre riqueza devem ser compartilhadas. Se você sabe como enriquecer, puxe as pessoas queridas para este objetivo comum. Se alguém lhe pedir dinheiro emprestado, proponha-se a discutir as reais fontes do problema ao invés de simplesmente ajudar com dinheiro. Isto não tem preço.

Seu enriquecimento, simplesmente, é uma forma de contribuir não somente com aqueles que o rodeiam, mas com a sociedade como um todo. A razão de grande parte dos problemas brasileiros é a incapacidade de seu povo fazer poupança. Os juros são elevados porque dinheiro para emprestar é algo escasso. Se as pessoas levassem mais dinheiro aos bancos, estariam ao mesmo tempo fazendo mais riqueza – com os juros – e forçando os bancos a reduzir os juros dos empréstimos. Se menos gente precisar de dinheiro emprestado, os bancos começarão a ‘liquidar’ dinheiro, oferecendo-o a juros menores.

É uma utopia? Não, é questão de planejamento. Algo que poderá ocorrer daqui a algumas décadas, desde que o horizonte de realização de obras sociais de nossos governos cresça para além dos atuais quatro ou oito anos, e inclua educação financeira no menu de serviços básicos à população. Enquanto isso não acontece, trate de enriquecer. Um futuro melhor depende de você mesmo.

Publicado no Portal do Shopping

Gustavo Cerbasi (www.maisdinheiro.com.br) é consultor financeiro e autor dos livros Casais Inteligentes Enriquecem Juntos (Editora Gente) e Investimentos Inteligentes (Thomas Nelson Brasil).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s